A ARTE NO PROCESSO EMANCIPATÓRIO DA EDUCAÇÃO EM ADORNO

Leina Cristina da Luz, Vanessa de Paula

Resumo


Neste trabalho será exposto a teoria estética de Theodor Adorno (2006), filósofo que fez parte da Escola de Frankfurt. Ela trouxe à tona uma crítica a respeito da comercialização da arte. Procuramos enfatizar como é possível uma educação pela arte que emancipe as pessoas, desta maneira, pensamos a possibilidade de saída do sistema imposto pela Indústria Cultural. Para o desenvolvimento deste trabalho foi feito uma revisão bibliográfica de comentadores do autor e outros pensadores que seguem uma linha paralela à sua teoria. Partindo da ideia de Adorno (2006a), a Indústria Cultural domina o que se denomina como “cultura de subserviência”, ou seja, uma cultura bajuladora e servil. Por isso, articula os indivíduos e anula qualquer possibilidade de revolta contra o seu sistema, Impedindo a crítica, promovendo a pseudo felicidade nos indivíduos que se tornam objetos não autônomos da Indústria Cultural. Como resultado disso, encontra-se uma “paralisia mental”, uma vez que os indivíduos se adaptam aquilo que é proposto sem reflexões ou questionamentos acerca da situação em que estão.

 

 


Texto completo:

PDF

Referências


ADORNO, Theodor. Teoria Estética. Trad. Artur Morão. Lisboa: Edições 70 ltda. 2006a. 294 p.

________________. Educação e Emancipação. Trad. Wolfgang Leo Maar. São Paulo: Paz e Terra. 2006b. 190 p.

AGUIAR, Wisley Francisco. Adorno e a dimensão social da Arte. Maringá: Revista Urutágua – revista acadêmica multidisciplinar (DCS/UEM). N 15. Disponível em . Acesso em 06 jun 2016.

ARANHA, Maria Lúcia de Arruda; MARTINS, Maria Helena Pires. Filosofando – Introdução à Filosofia. São Paulo: Moderna. 2009. p. 412-419. 4 ed.

BERTONI, Luci Mara. Arte, Indústria Cultural e Educação. Caderno Cedes, ano XXI, nº 54, agosto 2001. Disponível em: http://repositorio.unesp.br/bitstream/handle/11449/6365/S0101-32622001000200008.pdf?sequence=1 Acesso em 09 jun 2016.

CABRAL, João Francisco P. Conceito deIndústria Cultural em Adorno e Horkheimer. Disponível em: Acesso em 07 jun 2016.

CHAUI, Marilena. Iniciação à Filosofia: ensino médio. São Paulo: Ática. 2010. p. 244-258.

OLIVEIRA, Paulo César de. Educação e Emancipação: Reflexões a partir da filosofia de Theodor Adorno. Theoria – Revista Eletrônica de Filosofia. p. 37-44. Disponível em: Acesso em 16 ago 2015.

RAMOS DE OLIVEIRA, Newton; ZUIN, Antônio Álvaro Soares; PUCCI, Bruno (orgs). Teoria crítica, estética e educação. Campinas: Autores Associados; Piracicaba: Editora Unimep. 2001. 196 p


Apontamentos

  • Não há apontamentos.