VIOLÊNCIA CONTRA MULHER E SEU EMPODERAMENTO SOCIAL

Helen Caroline Menezes Rosa, Ricardo Grokorriski

Resumo


O seguinte trabalho apresenta uma revisão de literatura a respeito da importância da promoção do empoderamento social das mulheres vítimas de violência, através da apresentação de Dados coletados do balanço de Denúncias feitas pelo número 180.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, K S ; DIMENSTEIN, M; SEVERO, A K.. Empoderamento e atenção psicossocial: notas sobre uma associação de saúde mental. Interface - Comunicação, Saúde, Educação, vol. 14, núm. 34, julio-septiembre, 2010, pp. 577-589. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. São Paulo, Brasil.

BENTES, S J. Ações e estratégias do CNDM para o empoderamento das mulheres. Revista Estudos Feministas, vol. 9, núm. 1, segundo semestre, 2001, pp. 207-212. Universidade Federal de Santa Catarina. Santa Catarina, Brasil.

CARVALHO, S.R. Os múltiplos sentidos da categoria “empowerment” no projeto de promoção à saúde. Cad. Saude Publica, v.20, n.4, p.1088-95, 2004a.

CORTEZ, M B; SOUZA, L. Mulheres (in)Subordinadas: o Empoderamento Feminino e suas Repercussões nas Ocorrências de Violência Conjugal. Psic.: Teor. e Pesq., Brasília, 2008, Vol. 24 n. 2, pp. 171-180.

MARINHO, P A S; GONÇALVES, H S. Práticas de empoderamento feminino na América Latina .Revista de Estudios Sociales, núm. 56, 2016, pp. 80-90 Universidad de Los Andes Bogotá, Colombia.

MOREIRA, N. C; FERREIRA, M M; et al. Empoderamento das mulheres beneficiárias do Programa Bolsa Família na percepção dos agentes dos Centros de Referência de Assistência Social .Revista de Administração Pública - RAP, vol. 46, núm. 2, abril, 2012, pp. 403-423. Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Rio de Janeiro, Brasil.

SANTOS, M C. VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER NO BRASIL:ALGUMAS REFLEXÕES SOBRE A IMPLEMENTAÇÃO DA LEI MARIA DA PENHA. Ciências Humanas e Sociais | Alagoas | v. 3 | n.3 | p. 37-50 | Novembro 2016 | periodicos.set.edu.br.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.