ORGANIZAÇÃO LOGÍSTICA EM UM INTERMEDIÁRIO DA CADEIA REVERSA

Monica Jaqueline Lopes Rodrigues, Sabrina do Prado, Isabel Márcia Rodrigues

Resumo


Este estudo teve como objetivo apresentar a organização logística em um intermediário da cadeia reversa de bens pós-consumo. As etapas de realização trataram de identificar os membros da cadeia reversa, descrever as atividades realizadas, classificar os bens pós consumo e seus volumes e listar as contribuições e dificuldades das operações. A fundamentação teórica baseou-se nos temas gestão de resíduos sólidos e logística reversa. A metodologia utilizada foi o método indutivo, seguido da classificação da pesquisa aplicada, qualitativa e descritiva. O alvo do estudo foi uma empresa de comércio de bens pós consumo localizada na região de Ponta Grossa. O resultado deste trabalho identificou que a empresa pesquisada apesar das dificuldades encontradas em seus processos, desempenha papel importante na cadeia reversa, abrindo portas para práticas mais sustentáveis.

Texto completo:

PDF

Referências


ABNT – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR nº 10004. Resíduos Sólidos – Classificação.71 p. 31 maio 2004.

ABRELPE – Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais. Panorama Dos Resíduos Sólidos No Brasil, 2014. Disponível em: . Acesso em: 20 maio 2016.

ANVISA – AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA. Gerenciamento dos Resíduos de Serviços de Saúde. Ministério da Saúde, Agência Nacional de Vigilância Sanitária– Brasília: Ministério da Saúde, 2006. 182 p.

BARTHOLOMEU, Daniela Bacchi; CAIXETA FILHO, José Vicente (Org.). Logística Ambiental de Resíduos Sólidos. São Paulo: Atlas, 2011. 250 p

BRASIL. Lei Federal nº 12.305. Política Nacional de Resíduos Sólidos. Brasília, 02 de agosto 2010. Disponível em: . Acesso em: 12 jun 2016.

BOAVENTURA, Edivaldo M. Metodologia da Pesquisa: monografia, dissertação, tese. São Paulo: Atlas, 2004. 160 p.

FERREIRA, Ana. Sustentabilidade: Ponta Grossa Inicia Programa de Coleta Seletiva em Cinco Bairros. Disponível em: . Acesso em 12 jun 2016.

GIL, Antonio Carlos. Como Elaborar Projetos de Pesquisa. 5. Ed. São Paulo: Atlas, 2010. 184 p.

LEITE, Paulo Roberto. Logística Reversa, meio ambiente e competitividade. 2.ed.São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2009. 240 p.

MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Maria Eva. Técnicas de Pesquisa. 5. ed. São Paulo: Atlas 2002. 282 p.

PEREIRA, Henrique Nascimento et al. As Atividades da Logística Reversa e a Cadeia de Suprimentos do Papel para Embalagem. 2015. 15 f. In: ENGEMA. Disponível em: . Acesso em: 15 mar 2016.

PGIRS. Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos Município de Ponta Grossa. 2013. Disponível em: . Acesso em: 20 maio 2016.

PNRS. Plano Nacional de Resíduos Sólidos Município de Brasília. 2012 . Disponível em: . Acesso em 20 maio 2016.

RUIZ, João Álvaro. Metodologia Científica: guia para eficiência nos estudos. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2002. p.139.

VALLE, Rogério; SOUZA, Ricardo Gabbay. Logística Reversa: processo a processo. São Paulo: Atlas, 2014. 272 p.

XAVIER, Lúcia Helena; CORRÊA, Henrique Luiz. Sistemas de Logística Reversa: Criando Cadeia de Suprimento. São Paulo: Atlas, 2013. 265 p.

Lei 12305/2010 Política Nacional de Resíduos Sólidos


Apontamentos

  • Não há apontamentos.