PROPOSTA PARA CAPTAÇÃO DA ÁGUA DA CHUVA EM UMA INDÚSTRIA DE ALIMENTOS

Marcelo Machado de Souza, Vinícius José Rodrigues dos Santos, Wesley Novakoski da Luz, Dyego Emanuel Gibeluka Quadros

Resumo


Diante das atuais crises hídricas vivenciadas no Brasil e no mundo, evitar o desperdício de água se constitui como um dever de todos. Para as empresas as práticas de aproveitamento de água e as formas de evitar o desperdício também se configuram como práticas imprescindíveis, visto que estes espaços constituem parte importante da sociedade utilizando este recurso natural como parte do processo produtivo. Com esta preocupação o trabalho proposto tem como objetivo desenvolver uma solução sustentável para captação da água da chuva utilizando-se da metodologia de estudo de caso, propondo a implantação de um projeto de captação da água da chuva em uma empresa que atua no setor de alimentos situada no município de Castro/PR. A pesquisa compreende também a utilização de pesquisa aplicada e do método dedutivo. Utilizando como base o Guia de Gestão de Projetos foi elaborado um projeto afim de captar e aproveitar a água da chuva. Através das pesquisas realizadas foi possível apresentar o potencial de captação da água da chuva, utilizando uma parte dos telhados da empresa, visando o menor custo possível para a implantação desse sistema, com a execução do mesmo a empresa poderá economizar o equivalente à 93% de água potável utilizada em seus processos durante o ano. O trabalho proporcionou a empresa adquirir conhecimentos sobre gestão de projetos e captação de água da chuva, assim possibilitando a possível implantação do projeto. 


Texto completo:

PDF

Referências


ABNT. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 15527: água de

chuva: aproveitamento de coberturas em áreas urbanas para fins não potáveis: requisitos. São Paulo, 2007.

ALMEIDA, Fernando Alves. Os desafios da sustentabilidade: uma ruptura urgente. Elsevier, 2007.

ALYRIO, Rovigati Danilo. Métodos e técnicas de pesquisa em administração. Rio de Janeiro: Fundação CECIERJ, 2009.

BARSANO, Paulo Roberto; BARBOSA, Rildo Pereira. Gestão Ambiental. Editora Érica, São Paulo, 2014.

BEEKMAN, G. B. Gerenciamento integrado dos recursos hídricos. IICA, Brasília, DF (Brasil), 2000.

BRASIL, Portaria No. 518/2004, do Ministério da Saúde. Estabelece os procedimentos e responsabilidades relativos ao controle e vigência de qualidade da água para consumo humano e seu padrão de potabilidade. Diário Oficial da União, Brasília, v. 13.

DEMO, Pedro. Metodologia Científica em Ciências Sociais. 3ª Ed. São Paulo: Atlas, 1995.

Gideão Nery Gerenciamento de Projetos. Quanto mais detalhes, mais controle. 2012. Disponível em: http://www.tiespecialistas.com.br/2012/02/gerenciamento-de-projetos-quanto-mais-detalhes-mais-controle/ Acesso em: 20 set 2016.

GIL, Antonio Carlos; Métodos e técnicas de pesquisa social. 6ª Ed. São Paulo: Atlas, 2008.

GNADLINGER, João. Colheita de água de chuva em áreas rurais. Associação Internacional de Sistemas de Coleta de Água da Chuva. 2º Fórum mundial da água, Holanda, 2000. Disponível em: Acesso em 04 abril 2016.

GOOGLE. Google Earth. Windows 10 Home Single Language, 2016. Disponível em: https://www.google.com.br/maps/@-24.7837769,-50.0240467,900m/data=!3m1!1e3 Acesso em:17 setembro 2016.

MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Metodologia do trabalho científico. 5ª Ed. São Paulo: Atlas, 2001.

MAY, S. Estudo da Viabilidade do Aproveitamento de Água de Chuva para Consumo Não Potável em Edificações. Dissertação (Mestrado). Curso de Pós-Graduação em Engenharia da Construção Civil, Escola Politécnica, Universidade de São Paulo, 2004.

Nº, NORMA REGULAMENTADORA. 13. Caldeiras e vasos de pressão: NR-13 (113.000-5). Ministério do Trabalho e Emprego, 2002.

PMBOK, GUIA. Um Guia do Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK®). Em português. Project Management Institute, Inc. EUA. 2008.

PORTO, Rubem L.; PORTO, Monica FA; PALERMO, Marco. A ressurreição do volume morto do Sistema Cantareira na Quaresma. Rev DAE, v. 62, n. 197, p. 18-25, 2014.

REIS, Lineu Belico dos; FADIGAS, Eliane Aparecida Faria Amaral; CARVALHO, Cláudio Elias. Energia, recursos naturais e a prática do desenvolvimento sustentável. In: Série Ambiental. Manole, 2005.

ROCHA, Marcelo Theoto; DORRESTEIJN, Hans; GONTIJO, Maria José. Empreendedorismo em negócios sustentáveis: plano de negócios como ferramenta do desenvolvimento. São Paulo: Peirópolis, 2005.

ROLDÃO, Victor Siqueira. Gestão de Projetos – uma perspectiva integrada. São Carlos. Edufscar, 2004.

TOMAZ, Plínio. Aproveitamento de água de chuva de telhados em áreas urbanas para fins não potáveis: diretrizes básicas para um projeto. SIMPÓSIO BRASILEIRO DE CAPTAÇÃO E MANEJO DE ÁGUA DA CHUVA, v. 6, 2007.

TOMAZ, Plínio. Aproveitamento de água de chuva em áreas urbanas para fins não potáveis. Oceania, v. 65, n. 4, p. 5, 2009.

UNESCO: (United Nations Educational, Scientific and Cultural Organization) Relatório Mundial das Nações Unidas sobre Desenvolvimento dos Recursos Hídricos. 2015. Disponível em: http://bit.ly/ed_unesco_fb_relatorio_água. Acesso em: 09 mar 2016.

VIANA, Ricardo Vargas. Gerenciamento de projetos: estabelecendo diferenciais competitivos. 2006.

WEIERBACHER, Leonardo. Estudo de captação e aproveitamento de água da chuva na indústria moveleira Bento móveis de alvorada – RS. Canoas, 2008.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.