A IMPORTÂNCIA DA INSERÇÃO DO LÚDICO NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO

Cíntia Cristina Chochel, Analia Maria de Fátima Costa

Resumo


Este trabalho teve por objetivo analisar a inserção do lúdico no contexto do ciclo de alfabetização. A finalidade foi verificar a contribuição do lúdico no desenvolvimento do processo de alfabetização e letramento das crianças inseridas no 1º ano do primeiro ciclo de alfabetização dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental. A opção metodológica foi pela pesquisa qualitativa. A revisão de literatura abarcou temas como: falando da ludicidade e a ludicidade no contexto da alfabetização e letramento. Para aprofundamento da temática foram utilizados os seguintes autores: Almeida (2003), Oliveira (2002), Andrade (2011), Ferreiro e Teberosky (1999), Santos (2014), entre outros. A pesquisa foi desenvolvida em duas escolas dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental, sendo uma da rede particular e outra da rede pública de ensino, localizadas no Município de Ponta Grossa - Pr, tendo como participantes do estudo duas professoras que atuam no 1º ano do primeiro ciclo de alfabetização. O instrumento de pesquisa foi um questionário destinado às professoras regentes de classe, contendo 8 (oito) questões abertas. A análise de dados salientou que a incorporação do lúdico no processo de ensino e aprendizagem da alfabetização e letramento em muito contribui para o reconhecimento do papel social da leitura e da escrita, numa perspectiva da ampliação de visão de mundo.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. Pacto nacional pela alfabetização na idade certa: A organização do trabalho escolar e os recursos didáticos na alfabetização. Brasília, 2015.

DALLABONA, R. S.; MENDES, S. M S. O lúdico na educação infantil: Jogar, brincar, uma forma de educar. Disponível em: . Acesso em: 10 maio 2015.

EBY, F. História da educação moderna: séc. XVI/séc. XX teoria, organização e práticas educacionais. Porto Alegre: Globo, 1973, página 290 à 314.

FERREIRO, E; TEBEROSKY, A. Psicogênese da Língua Escrita. Porto Alegre: Artemed, 1999. 300 p.

GIL, A. Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. Ed. São Paulo: Atlas, 2008.

GUSSO, S. de F. Kruger; SCHUARTZ, M. A. A criança e o lúdico: a importância do Brincar. 2005. Disponível em: . Acesso em: 01 de agosto de 2016.

MANSON, M. História dos Brinquedos e dos Jogos. Brincar através dos tempos. Lisboa, Portugal: Teorema, 2002.

MARINHO, B. R. H; et al. Pedagogia do movimento: universo lúdico e psicomotricidade. Curitiba: Ibpex, 2007. p 107-148.

MURCIA, M. A. J. Aprendizagem através do jogo. Porto Alegre: Artmed, 2005. 173p.

OLIVEIRA, R. Z. Educação Infantil: fundamentos e métodos. São Paulo: Cortez, 2002. Capítulo III.

PILETTI, N. Psicologia Educacional. 17 Ed. São Paulo: Ática, 2009. 336p.

SANT‟ANNA, A.; NASCIMENTO, R. P. A história do lúdico na educação. Disponível em: . Acesso em: 28 de maio de 2016.

SANTOS, M. P. S. O brincar na escola: metodologia lúdico-vivencial, coletânea de jogos, brinquedos e dinâmicas. Rio de Janeiro: Vozes, 2014. 108p.

SERAFIM, A. A visão de educadores infantis sobre o lúdico. Disponível em: . Acesso em: 28 de maio de 2016.

SOARES, B. M.; BATISTA, G. A. A. Alfabetização e Letramento. Disponível em: . Acesso em: 12 de julho de 2016.

VIEIRA, S L.; OLIVEIRA, V. de X. A importância dos jogos e brincadeiras para o processo de alfabetização e letramento. Disponível em: . Acesso em: 17 de junho de 2016.

ZUCOLOTO, A. K.; SISTO, F. F. Dificuldades de aprendizagem em escrita e compreensão em leitura. Disponível em: . Acesso em: 15 junho de 2016.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.