A CONTRIBUIÇÃO DO APRENDIZADO DA LÍNGUA INGLESA E DA MÚSICA NO DESENVOLVIMENTO COGNITIVO DA CRIANÇA

Maria Carolina Ciola Dalazoana, Sandra Monique Van Dongen, Sandra Mara Dias Pedroso

Resumo


A presente pesquisa tem como objeto de estudo a contribuição da aprendizagem da Música e da Língua Inglesa no desenvolvimento cognitivo da criança. Devido ao acelerado processo de globalização, o ensino da Língua Inglesa tem se expandido fortemente e tem tomado cada vez mais espaço e mostrado sua importância. A Música também tem passado por essa mesma expansão. Portanto, esta investigação visa descrever, a partir de pesquisa bibliográfica, a importância que essas duas áreas têm no desenvolvimento cognitivo de crianças na faixa etária de 03 a 06 anos. O meio em que a criança vive, sendo principalmente a família e a escola, tem um papel essencial no processo de construção do indivíduo. Sendo assim, objetivou-se contextualizar o ensino da Língua Inglesa e da Música para crianças conceitualmente, apresentando a contribuição das disciplinas Língua Inglesa e Música no desenvolvimento cognitivo da criança de 03 a 06 anos;

Texto completo:

PDF

Referências


AMATO, R. C. F. Breve retrospectiva histórica e desafios do ensino de música na educação básica brasileira. OPUS-Revista Eletrônica da ANPPOM, v. 12, n. 1, p. 144-168, 2006. ARGAWATI, N. O. The Effectiveness of Using REALIA in Teaching English Vocabulary to the 3rd Grade of Elementary School Student in SD BENTAKAN I BAKI SUKOHARJO. Faculty of Letters and Fine Arts Sebelas Maret University, 2009. BALTAZAR, A. G.; A Importância da Música Clássica no Ensino de Língua Estrangeira. Universidade Presbiteriana Mackenzie,2011. Disponível em: http://www.mackenzie.com.br/fileadmin/Pesquisa/pibic/publicacoes/2011/pdf/let/alexandre_gomes.pdf Acesso em: 24 mar. 2016. BARCELOS, F. G. Reflexões Sobre o Ensino de Inglês na Educação Infantil. Porto Alegre, 2010 BELLOCHIO, C. R. A educação musical nas séries iniciais do ensino fundamental: olhando e construindo junto às práticas cotidianas do professor. Porto Alegre: UFRGS, 2000. Tese (Doutorado em Educação) Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2000.

BRASIL. Lei n° 11.769, de 18 de agosto de 2008. Disponível em: . Acesso em: 21 mar. 2016.

_______. Ministério da Educação e o Desporto. Secretaria de Educação Fundamental. Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil. Brasília: MEC/SEF, vol.3, 1998.

BRÉSCIA, V. L. P. Educação Musical: bases psicológicas e ação preventiva. São Paulo: Átomo, 2003.

BROWN, G. Twenty Five Years of Teaching Listening Comprehension. In:____. English Teaching Forum. XXV (4). p. .25-29.October, 1987

BUENO, J. F.; LEAL, M. R. O ensino e a aprendizagem de uma língua estrangeira. Revista Educação em Movimento, Curitiba , v.2, n.6 , p.45-56, set./dez.2003.

CHAGURI, J. P. A Importância do Ensino da Língua Inglesa nas Séries Iniciais do Ensino Fundamental. In: O DESAFIO DAS LETRAS, 2., 2005, Rolândia, Anais. Rolândia: FACCAR, 2005. ISSN: 1808-2548.

CHIARELLI, L. K. M.; BARRETO, S. DE J. A importância da musicalização na educação infantil e no ensino fundamental: a música como meio de desenvolver a inteligência e a integração do ser. Revista Recre@rte. n. 3, 2005.

DIAS, F. O desenvolvimento cognitivo no processo de aquisição de linguagem. Letrônica v. 3, n. 2, p. 107-119, dez./2010 Rio Grande do Sul

DIMER, D. L; SOARES, A. O ensino de língua inglesa para crianças. Revista EnsiQlopédia – FACOS / CNECO sório Vol. 9 – N º 1 – OUT / 2012 – ISSN 1984 - 9125

FONSECA, J. J. S. A Metodologia da Pesquisa Científica. Ceará: Universidade Estadual do Ceará, 2002.

GALLO, A. E; ALENCAR, J. S. A Psicologia do Desenvolvimento da Criança. CESUMAR, Centro Universitário de Maringá. Maringá, 2012

GATTI, R. A importância da música no desenvolvimento da criança. Capivari- SP: FACECAP CNEC, 2012 39p. Monografia apresentada ao curso de Pedagogia, Faculdade Cnecista de Capivari –, 2012.

GÓES, R. S. A Música e as suas possibilidades no desenvolvimento da criança e do aprimoramento do código linguístico. Revista do Centro de Educação a Distância, v. 2, n. , p. 1-16, 2009.

GÓMEZ, P. C. A Motivação no Processo Ensino/Aprendizagem de Idiomas: um Enfoque Desvinculado dos Postulados de Gardner e Lambert. Trabalhos de Linguística Aplicada, v. 34, jul/dez 1999, p.53-78.

JEANDOT, N. Explorando o universo da música. . 2. ed. São Paulo: Scipione, 1997. 174p LIMA, G. P.; Breve Trajetória da Língua Inglesa e do Livro Didático de Inglês no Brasil. Disponível em: http://www.uel.br/eventos/spech/sepech08/arqtxt/resumos-anais/GislainePLima.pdf Acesso em: 24 mar. 2016. LOPES, M.. Jogos na educação: criar, fazer, jogar. São Paulo: Cortez, 2001.

LOPES, L. P. da M. Inglês no mundo contemporâneo: ampliando oportunidades sociais por meio da educação. 2005. Disponível em: cenp.edunet. sp.gov.br. Acesso em: 28 ago 2016.

LOPES, S. A. G. A análise do ensino-aprendizagem de língua estrangeira – uma experiência do bilingüismo na educação infantil de 0-5 anos. Guarujá, 2006

MACHADO, L. M. B. Manual para elaboração de trabalhos acadêmicos. Ponta Grossa: IESSA, 2011

MARTINS, V. L. O Lúdico No Processo Ensino-Aprendizagem Da Língua Inglesa. Revista Científica Intraciência Guarujá – SP. Edição 10 – Dezembro de 2015

MERRIAM, A. O. The anthropology of music. Evanston: Northwestern University Press, p. 219-226, 1964.

MORAES, J. G. V. História e música: canção popular e conhecimento histórico. Revista Brasileira de História, v. 20, n. 39, p. 203-221, 2000.

PAIVA, V.L.M.O.. Práticas de ensino e aprendizagem de inglês com foco na autonomia. São Paulo: Pontes, 2007.

RIDDELL, D. Teaching English as Foreign/Second Language. England, 2001.

SILVA, L. L. F. Música na Infância. Filomúsica: Revista de música culta, Espanha, n. 78, nov. 2006. Disponível em: filomusica.com. Acesso em: 1 ago. 2016.

TERRA, M. R. O desenvolvimento Humano na Teoria de Piaget. 2010 Disponível em: http://www.unicamp.br/iel/site/alunos/publicacoes/textos/d00005.htm.

TEODORO, W. L. G. O desenvolvimento infantil de 0 a 6 e a vida pré-escolar. Uberlândia, 2013. E-Book.

TONELLI, J. R. A. Histórias infantis no ensino da língua inglesa para crianças. Londrina, 2005

UNESCO. A Criança Descobrindo, Interpretando e Agindo sobre o Mundo. Brasília, 2005.

VIEIRA, C. Cultura em estéreo. Revista discutindo língua portuguesa, São Paulo, v.2, n.10, p.32-38. 2008.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.