SUICÍDIO NA ADOLESCÊNCIA E TERAPIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL

Flávia Laís Souza Roskosz, Simone Küller Chaves, Kelly de Lara Soczek

Resumo


O suicídio está amplamente relacionado com sentimentos ambivalentes, depressão, histórico de tentativa anterior ou de suicídio na família, abuso de substâncias, relacionamentos problemáticos, solidão, entre outras comorbidades. Dados coletados para esta pesquisa apontam o aumento significativo nas taxas de suicídio na adolescência no Brasil e no mundo. Considerando isto, o principal objetivo deste estudo é pesquisar o uso da Terapia Cognitivo Comportamental (TCC) como opção de tratamento aos indivíduos que apresentam ideação suicida na adolescência, além de demonstrar dados psicológicos, sociais, culturais e comportamentais envolvidos nas ideações, tentativas e atos suicidas, identificando associações de outras patologias psicológicas no comportamento suicida e apontar técnicas da Terapia Cognitiva-Comportamental que podem ser utilizadas no tratamento a esses pacientes. A metodologia utilizada para realização do trabalho foi a pesquisa bibliográfica, a partir da qual foi possível constatar que os fatores de proteção são essenciais para a prevenção do suicídio entre os adolescentes, e ainda, que mesmo as técnicas da TCC sendo apontadas como eficazes no tratamento da ideação suicida, existem poucos estudos específicos sobre o tema. A partir disso conclui-se a necessidade de aprofundamento das alternativas de tratamento e prevenção ao suicídio.

Texto completo:

PDF

Referências


ABASSE, M. L. F. ET AL . Análise epidemiológica da morbimortalidade por suicídio entre adolescentes em Minas Gerais, Brasil. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro , v. 14, n. 2, p. 407-416, Abr. 2009. Disponível em: Acesso em 24 jun 2016.

AMERICAN PSYCHIATRIC ASSOCIATION. DSM-5: manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais. 5. ed. Porto Alegre: Artmed, 2014.

ARAÚJO, L. C; VIEIRA, K. F. L; COUTINHO, M. P. L. Ideação suicida na adolescência: um enfoque psicossociológico no contexto do ensino médio. Psico-USF (Impr.) vol.15 no.1 Itatiba Apr. 2010. Disponível em: Acesso em 10 mai 2016.

AVANCI, R. C; PEDRAO, L. J; COSTA JÚNIOR, M. L. da. Perfil do adolescente que tenta suicídio em uma unidade de emergência. Rev. bras. enferm., Brasília , v. 58, n. 5, p. 535-539, Out. 2005. Disponível em: Acesso em 25 ago 2016.

BARBOSA, F. O; MACEDO, P. C. M; SILVEIRA, R. M. C. Depressão e Suicídio. Rev. SBPH vol.14 no.1, Rio de Janeiro - Jan/Jun. – 2011. Disponível em: . Acesso em 23 abr 2016.

BORGES, V; WERLANG, B. S. G. Estudo de ideação suicida em adolescentes de 15 a 19 anos. Estud. psicol. (Natal), Natal , v. 11, n. 3, p. 345-351, Dec. 2006

Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X 2006000300012 Acesso em 05 jun 2016.

BECK, J. Introdução à Terapia Cognitivo – Comportamental. In: BECK, J. Terapia Cognitivo - Comportamental: Teoria e Prática. p. 21 – 23. Porto Alegre. Artmed, 2013.

BECK, J. Outras Técnicas Cognitivas e Comportamentais. In: BECK, J. Terapia Cognitivo - Comportamental: Teoria e Prática. p. 277 – 278. Porto Alegre. Artmed, 2013.

CANFIELD, J. A Terapia Cognitivo – Comportamental e o Suicídio. Quais as possibilidades de tratamento? São Paulo, 2015. Disponível em: Acesso em 29 jun 2016.

GERHARDT, T. E.; SILVEIRA, D. T.; Métodos de Pesquisa. Coordenado pela Universidade Aberta do Brasil – UAB/UFRGS e pelo Curso de Graduação Tecnológica – Planejamento e Gestão para o Desenvolvimento Rural da SEAD/UFRGS. – Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2009. Disponível em: Acesso em 07 ago 2016.

KUCZYNSKI, E. Suicídio na infância e adolescência. Psicol. USP, São Paulo , v. 25, n. 3, p. 246-252, Dez. 2014. Disponível em: Acesso em 01 ago 2106.

MELEIRO, A. M. A. S; BAHLS, S. C. O comporto suicida. In: MELEIRO, A. M. A. S; TENG, C. T; WANG, Y. P. Suicídio: Estudos Fundamentais. p. 13 – 16. São Paulo. Segmento Farma, 2004.

WANG, Y. P; RAMADAM, Z. B. A. Aspectos Psicológicos do suicídio. In: MELEIRO, A. M. A. S; TENG, C. T; WANG, Y. P. Suicídio: Estudos Fundamentais. p 86. São Paulo. Segmento Farma, 2004.

WANG, Y. P; SANTOS, C. M; BERTOLOTE, J. M. Epidemiologia do Suicídio. In: MELEIRO, A. M. A. S; TENG, C. T; WANG, Y. P. Suicídio: Estudos Fundamentais p. 97 – 103. São Paulo. Segmento Farma, 2004.

MOREIRA, L. C. O; BASTOS. P. R. H. O. Prevalência e fatores associados à ideação suicida na adolescência: revisão de literatura- artigo. Psicol. Esc. Educ. vol.19 no.3 Maringá Set./Dec. 2015. Disponível em: Acesso em 20 set 2016.

Organização Mundial da Saúde. Prevenção do suicídio: Manual para professores e educadores. Transtornos Mentais E Comportamentais. Departamento De Saúde Mental. Genebra, 2000. Disponível em: Acesso em 01 jul 2016.

Organização Mundial da Saúde. Prevenção do suicídio: Um recurso para conselheiros. Departamento de Saúde Mental e de Abuso de Substâncias. Genebra, 2006. Disponível em: Acesso em 15 jun 2016.

SERRA, A. M. Intervenção em Crise: Depressão e Suicídio. Instituto de Terapia Cognitiva. São Paulo. S.D. Disponível em: Acesso em 02 set 2016.

WENZEL, A; BROWN, G. K; BECK, A. T. Classificação e Avaliação da ideação suicida e dos atos suicidas. In: Terapia Cognitivo Comportamental para pacientes suicidas. p. 19 – 21. Porto Alegre, Artmed, 2010. Porto Alegre, Artmed, 2010


Apontamentos

  • Não há apontamentos.