AS INSTITUIÇÕES ESCOLARES DE IMIGRANTES NO PARANÁ

Autores

Resumo

Esta pesquisa consiste em analisar as transformações nas relações de produção que influenciaram a criação das primeiras escolas étnicas, no período de 1854 a 1889, no Paraná. Tem como objetivo geral analisar o processo histórico de institucionalização das instituições escolares étnicas bem como compreender como se deu a expansão da escola pública e o acesso para formação escolar de crianças imigrantes. Os procedimentos metodológicos consistem nas seguintes etapas: revisão bibliográfica sobre as principais categorias de análise da pesquisa: trabalho, educação e imigração; pesquisa documental a partir do levantamento e a catalogação das fontes primárias, com foco nas principais categorias de análise da pesquisa e análise do material coletado. É perceptível o caráter elitista na educação brasileira, voltado para o atendimento da elite, sem nenhum compromisso com as classes populares, principalmente filhos de escravos e imigrantes.

Biografia do Autor

Vera Lúcia Martiniak, Universidade Estadual de Ponta Grossa

Professora Associada do Departamento de Educação. Professora Permanente do Programa de Mestrado e Doutorado em Educação da Universidade Estadual de Ponta Grossa.  Coordenadora Adjunta do Programa de Mestrado Profissional Em Educação Inclusiva - PROFEI.

Downloads

Publicado

24-02-2021