Critérios para Realização de um Processo de Compras Sustentáveis em Empresas Privadas na Cidade de Ponta Grossa

Autores

  • Lorena da Luz Ferreira
  • Rosielen Galvão Pochynski
  • Solange Maciel Dalssotto
  • Mayara Cristina Ghedini da Silva

Resumo

Este trabalho teve como objetivo identificar os critérios para a realização de um processo de compra sustentável em empresas do setor privado na cidade de Ponta Grossa-PR. Sua fundamentação teórica aborda os temas de logística reversa, sustentabilidade, compras e compras sustentáveis. A metodologia utilizada foi o método indutivo, seguido da classificação de natureza aplicada e de caráter exploratório e o procedimento técnico para o levantamento de dados foi o questionário. O público alvo foi o departamento de compras de três empresas de transformação, onde os responsáveis pela aquisição responderam um questionário sobre questões específicas relacionadas ao tema. Com a presente pesquisa, constatou-se que as empresas objeto de estudo não possuem critérios pré-definidos para realização do processo de gestão de compras sustentáveis, porém se preocupam com os fatores negativos que a ausência desta pode causar. Neste sentido os representantes das empresas pesquisadas apresentaram interesse na implantação do conceito de sustentabilidade no processo de obtenção de insumos e serviços. Sendo assim, presume-se que este trabalho poderá contribuir para o conhecimento dos conceitos de sustentabilidade e compras sustentáveis, destacando fragilidade e dificuldade da implantação desta atividade nos respectivos departamentos das empresas pesquisadas.

Referências

ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas-. Aprovada a norma internacional de diretrizes para compras sustentáveis- ISO 20400. Disponível em: <http://www.abnt.org.br/imprensa/releases/5086-aprovada-norma-internacional-de-diretrizes-para-compras-sustentaveis-iso-20400>. Acesso em 27 mar 2017.

ALMEIDA, Fernando. O bom negócio da sustentabilidade. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2002.

ALMEIDA, Fernando. Os Desafios da Sustentabilidade: uma ruptura urgente. Rio de Janeiro: Elsevier, 2007.

ANA - Agência Nacional de Águas. Compras Sustentáveis. Disponível em: <http://a3p.ana.gov.br/PAGINAS/COMPRASSUSTENTAVEIS.ASPX>. Acesso em 27 mar 2017.

BALLOU, Ronald H. Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos/Logística Empresarial. 5. Ed. Porto Alegre: Bookman, 2006.

BARBIERI, José Carlos. Gestão Ambiental empresarial: conceitos, modelos e instrumentos.4 ed, editora Saraiva: São Paulo, 2016.

BARBOSA, Gisele Silva. O desafio do desenvolvimento sustentável. 4ª Edição, Nº4, Volume 1. Rio de Janeiro: Revista Visões, 2008.

BELLEN, Hans Michael Van. Indicadores da sustentabilidade: uma análise comparativa. 2 ed. Rio de Janeiro: FGV, 2006.

BERGAMO, Krystiane Maria Lanziani; STEFANELLO, Paulinho Rene. Logística reversa nos ambientes empresariais. Disponível em:<http://www.uninter.com/revistameioambiente/index.php/meioAmbiente/article/viewFile/282/120>. Acesso em: 07 abr 2017.

BERTAGLIA, Paulo Roberto. Logística e Gerenciamento da Cadeia de Abastecimento. 2. Ed. São Paulo: Saraiva, 2009.

BOWERSOX, Donald J.; CLOSS, David J.; BOWERSOX, John C. Gestão Logística da Cadeia de Suprimentos. 4. Ed. Porto Alegre: AMGH, 2014.

CANEPA, Carla. Cidades Sustentáveis: o município como lócus da sustentabilidade. São Paulo: RCS, 2007. COMISSÃO MUNDIAL SOBRE MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO (CMMAD). Nosso futuro comum. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, 1988. CONAMA - CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE. Resolução Conama Nº 001, de 23 de janeiro de 1986. Disponível em: http://www.mma.gov.br/port/conama/res/res86/res0186.html. Acesso em: 17 ago de 2017.

CORREÂ, Henrique Luiz. Gestão de redes de suprimento: Integrando cadeias de suprimento no mundo globalizado. São Paulo: Atlas, 2010. COSTA, Luciangela Galletti. Logística Reversa: Importância, fatores para a aplicação e contexto brasileiro, 2006. Disponível em:< http://inf.aedb.br/seget/artigos06/616_Logistica_Reversa_SEGeT_06.pdf>. Acesso em 13 de ago de 2017.

CUNHA, Hercules Farnesi; OLIVEIRA Mônica Santos; VIO, Rita de Cássia. A Importância da Logística Reversa na Construção da Responsabilidade Social Agregadora de Vantagens Competitivas, 2014. Disponível em: . Acesso em 01 de ago de 2017.

DIAS, Reinaldo. Gestão Ambiental: Responsabilidade Social e Sustentabilidade. 2ª Ed. São Paulo: Atlas, 2011.

DIAS, Marco Aurélio P. Administração de Materiais: Princípios, Conceitos e Gestão. 5. Ed. São Paulo, SP: Editora Atlas, 2009.

DONATO, Vitório. Logística Verde: Uma Abordagem Sócio- Ambiental. Rio de Janeiro, RJ: Editora Ciência Moderna, 2008. FERNANDES, Laís Gomes. Departamento de compras de uma empresa, 2010. Disponível em: <http://www.administradores.com.br/artigos/tecnologia/departamento-de-compras-de-uma-empresa/39024/>. Acesso em: 05 abr 2017.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

GIL, Antônio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

GOMES, Frederico Pessanha; TORTATO, Ubiratã. Adoção de práticas de sustentabilidade como vantagem competitiva: evidências empíricas. Revista Pensamento Contemporâneo em Administração, Rio de Janeiro, v. 5, n. 2, p. 33-49, mai./ago. 2011.

GOOGLE MAPS. Disposição Geográfica da Cidade de Ponta Grossa. Disponível em: https://www.google.com.br/maps/place/Ponta+Grossa+-+PR/@-25.1475788,-50.34929,10z/data=!3m1!4b1!4m5!3m4!1s0x94e80310b3745575:0xa34ef158104d0dd8!8m2!3d-25.0993621!4d-50.1584514 - Acesso em 08/10/2017

HEGENBERG, Juliana Trianoski. As compras públicas sustentáveis no Brasil: um estudo nas universidades federias. 2013. 257 f. Dissertação (Requisito parcial para a obtenção de título de Mestre em Planejamento e Governança Publica, Área de concentração, Planejamento Público e Desenvolvimento) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba- PR.

IBGE – INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Panorama da cidade de Ponta Grossa/PR. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/pr/ponta-grossa/panorama Acesso em 08/10/2017

_____. https://cidades.ibge.gov.br/painel/historico.php?codmun=411990 Acesso em 08/10/2017

LACERDA, Leonardo. Logística reversa: uma visão sobre os conceitos básicos e as práticas operacionais. In: FIGUEIREDO, Kleber Fossati et al. Logística e gerenciamento da cadeia de suprimentos: planejamento do fluxo de produtos e dos recursos. São Paulo: Atlas, 2003 – reimpressão 2012.

LEFF, Enrique. Saber ambiental: Sustentabilidade, Racionalidade, Complexidade e Poder. 7. Ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2009.

LEITE, Paulo Roberto. Logística reversa: meio ambiente e competitividade. 2. Ed. São Paulo: Pearson Pentrice Hall, 2009.

LIMA, Gustavo F. da Costa. O debate da sustentabilidade na sociedade Insustentável. Programa de Pós-Graduação em Sociologia- Universidade Federal da Paraíba. Projeto Integrado de Ciências e Matemática para Professores da Rede Pública – UFSCAR. Revista Política &Trabalho, 2002.

LOPES, Alexandre Souza; SOUZA, Eustáquio Rabelo; MORAES, Marcio Ladeira. Gestão Estratégica de Recursos Materiais; Um Enfoque Pratico. Rio de Janeiro: Fundo de Cultura, 2006.

MARCONI, Maria de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Fundamentos da Metodologia Cientifica. 5. Ed. São Paulo: Atlas, 2003.

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS. Mecanismos de Desenvolvimento Limpo – MDL. Disponível em: <http://www.mpgo.mp.br/portal/noticia/mecanismos-de-desenvolvimento-limpo-mdl#.WM7dOjsrLIU>. Acesso em 19 mar 2017.

NASCIMENTO, Patrícia Alves do. Compras sustentáveis em empresas construtoras de edifícios. 2016. 269 f. Dissertação (Obtenção do título de Mestre em Inovação na Construção Civil) – Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, São Paulo. PONTA GROSSA (PR). Prefeitura. 2017. Disponível em: http://www.pontagrossa.pr.gov.br Acesso em: OUT/ 2017. Razões para sua empresa adotar a logística reversa, 2015. Disponível em: <https://www.prestex.com.br/blog/8-razoes-para-sua-empresa-adotar-a-logistica-reversa/>. Acesso em 13 de ago de 2017.

RUIZ, João Álvaro. Metodologia Científica: Guia para eficiência nos estudos. 5° ed. São Paulo- SP: Atlas, 2002. ROMEU. Compras Sustentáveis. ITAIPU BINACIONAL,2014. Disponível em: <https://www.itaipu.gov.br/print/7911>. Acesso em: 05 abr 2017.

SANTOS, Patrick Michel Finazzi, PORTO, Rafael Barreiros. A Gestão Ambiental enquanto Fonte de Vantagem Competitiva Sustentável: Contribuições da Visão Baseada em Recursos e da Teoria Institucional. Porto Alegre: V Encontro de Estudos em Estratégias, 2013.

SATTERTHWAITE, David. Como as cidades podem contribuir para o Desenvolvimento Sustentável. In: MENEGAT, Rualdo e ALMEIDA, Gerson (org.). Desenvolvimento Sustentável e Gestão Ambiental nas Cidades, Estratégias a partir de Porto Alegre. Porto Alegre: UFRGS, 2004.

SCHMITT, Camila da Silva; HAYDE, Cristian Tadeu von der; DREHER, Marialva Tomio. Sustentabilidade como Vantagem Competitiva: uma Análise Bibliométrica. Programa de Pós-Graduação em Administração – PPGAd - Universidade Regional de Blumenau – FURB. Revista Eletrônica Estratégia e Negócios, Florianópolis, v.6, n.2, p. 157-176, mai./ago. 2013. Disponível em:

http://portaldeperiodicos.unisul.br/index.php/EeN/index. Acesso em: 02 ago 2017.

SCHRAMM, Alexandre Murilo; CORBETTA, Janiara Maldaner. Desenvolvimento sustentável e sustentabilidade: conceitos antagônicos ou compatíveis? In: SOUZA, Maria Cláudia da Silva Antunes. Sustentabilidade, meio ambiente e sociedade: reflexões e perspectivas, 2015. Disponível em: <http://presencial.unipar.br/files/publicao_academica/9d5a3a3d7ba6979f415c36893428525d.pdf>. Acesso em: 04 abr 2017.

SILVA, Christian Luiz da. Desenvolvimento Sustentável: um conceito multidisciplinar. Petrópolis: Vozes, 2005.

SILVA, Edna Lúcia; MENEZES, Estera Muszkat. Metodologia da Pesquisa e Elaboração de Dissertação. 4° ed. rev. atual. Florianópolis- SC: UFSC, 2005.

VALE, Rogerio et al. Logística Reversa: Processo a Processo. São Paulo: Atlas, 2014.

XAVIER, Lúcia Helena, CORRÊA, Henrique Luiz. Sistemas de Logística Reversa: Criando Cadeias de Suprimento Sustentáveis. São Paulo: Atlas, 2013.

Zamcopé, Fábio Cristiano; Ensslin Leonardo; Ensslin Sandra Rolim. Construção de um modelo para avaliação da sustentabilidade corporativa: um estudo de caso na indústria têxtil. 2012. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, Campus Universitário, Trindade. São Carlos, v. 19, n. 2, p. 303-321; Florianópolis, SC.

Downloads

Publicado

14-11-2018

Edição

Seção

Tecnologia em Logística